Title
Search
All Issues
1
Ano: 2005  Vol. 9   Num. 2  - Abr/Jun Print:
Editorial
A missão da Revista
Author(s):
Palavras-chave:
A revista Arquivos de Otorrinolaringologia é uma publicação científica na área de Otorrinolaringologia e de suas áreas afins. Desde o seu início, em 1997, estimula a publicação de estudos científicos de alto nível, tanto em relação à ciência e metodologias envolvidas, quanto à ética. Nossos estudos são divulgados gratuitamente para todos os interessados dentro da área médica, como otorrinolaringologistas, cirurgiões de cabeça e pescoço, neurologistas, neurocirurgiões, alergologistas, pediatras, fisiatras, foniatras, pneumologistas, entre outros. Além das áreas médicas, as participações de autores de outras áreas profissionais afins, também são aceitas e estimuladas, como psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia, terapia ocupacional, assistência social e enfermagem. Esta participação multiprofissional eleva o espírito científico, aumenta o intercâmbio de conhecimentos inter especialidades e estimula os leitores e autores a penetrar cada vez mais no mundo da ciência, levando tais conhecimentos para a prática clínica.

Os objetivos da revista são de colaborar com autores e suas instituições dedicadas ao ensino, pesquisa, medicina curativa e preventiva, em especial nas doenças do ouvido, nariz, boca, faringe, laringe, região cervical e vias respiratórias. De tal maneira, visa atuar por meio de divulgação da pesquisa de alto nível científico e ético, nos assuntos sobre prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação de deficiências; no desenvolvimento científico-tecnológico das mesmas áreas e também junto às áreas de Bioengenharia, Engenharia Hospitalar, Telecomunicações e no progresso do ensino das áreas de Otorrinolaringologia, Fonoaudiologia, Psicologia, Assistência Social, Enfermagem, Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

Para que possamos atingir nossa missão, com estes objetivos científicos claros, entendemos ser necessária e imprescindível a moderna participação multiprofissional na abordagem destes assuntos da área de saúde. É também pertinente e necessária a discussão científica entre as diversas áreas de atuação na saúde para melhorar o conhecimento científico e sua divulgação. A postura científica é isenta de preconceitos e segue a ética acima de tudo. Somente a ciência conduz à evolução da sociedade e do ser humano como ser holístico.

Um abraço,

Dr. Olavo Mion
Profa. Dra. Tanit Ganz Sanchez
Prof. Dr. Ricardo Ferreira Bento
Prof. Dr. Aroldo Miniti
  Print:

 

All right reserved. Prohibited the reproduction of papers
without previous authorization of FORL © 1997- 2019