Title
Search
All Issues
3
Ano: 2012  Vol. 16   Num. Suppl. 1  - Maio
DOI: 10.7162/S1809-9777201200S1C-003
Print:
XXXIX CONVENTUS - Oral Presentation
TextoTexto em Inglês
AVALIAÇÃO ELETROACÚSTICA E ELETROFISIOLÓGICA EM LACTENTES QUE TIVERAM MENINGITE BACTERIANA
ELECTROACOUSTIC AND ELECTROPHYSIOLOGICAL EVALUATION IN SUCKLES THAT HAD HAD BACTERIAL MENINGITIS
Author(s):
Daniela Polo Camargo da Silva, Priscila Suman, Jair Cortez Montovani
Palavras-chave:
Resumo:

Objetivo: Analisar os achados eletroacústicos e eletrofisiológicos em lactentes que tiveram meningite bacteriana (MB). Material e Método: Lactentes com diagnóstico de MB realizaram avaliação auditiva por meio das emissões otoacústicas evocadas transientes (EOET) e potencial evocado auditivo de tronco encefálico (PEATE). Resultados: Foram avaliados 24 lactentes, com idade média de 2 meses, 20 prematuros, destes nove com prematuridade extrema. Outros indicadores de risco presentes foram: uso de medicamentos ototóxicos (100%), permanência prolongada em UTI (87%), uso de ventilação mecânica (60%), índice de Apgar baixo (50%) e ocorrência de hemorragia peri-intraventricular (37%). As EOET estavam presentes em 100% dos lactentes. No PEATE encontramos valores médios de latências absolutas na orelha direita de 1,42 ms para a onda I; 4,07 ms em III e 6,32 ms em V, na orelha esquerda de 1,44 ms para a onda I; 4,11 ms em III e 6,37 ms em V. Para as latências interpicos à direita encontramos valores médios de 2,64 para I - III, 2,26 para III - V e 4,90 para I - V, na orelha esquerda encontramos 2,64 para I - III, 2,34 para III - V e 4,91 para I - V. Conclusão: A meningite bacteriana é a causa mais comum de surdez adquirida em crianças. Em média, 5 a 35% dos pacientes acometidos desenvolvem disacusia neurossensorial, sendo profunda e bilateral em 4%. Porém neste estudo nenhum lactente apresentou disacusia e atribuímos ao tratamento precoce com dosagem de antibiótico dependente da taxa de filtração glomerular.

.
  Print:

 

All right reserved. Prohibited the reproduction of papers
without previous authorization of FORL © 1997- 2019