Title
Search
All Issues
68
Ano: 2012  Vol. 16   Num. Suppl. 1  - May
DOI: 10.7162/S1809-9777201200S1F-008
Print:
11º CONGRESSO DA FUNDAÇÃO OTORRINOLARINGOLOGIA - Oral Presentation Audiology
TextoTexto em Inglês
ALTERAÇÕES LARÍNGEAS RELACIONADA À DOENÇA DO REFLUXO GASTROESOFÁGICO EM PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO ATENDIDOS EM UM CENTRO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO - CASPE - PE
LARYNGEAL CHANGES RELATED TO GASTROESOPHAGEAL REFLUX DISEASE IN PROFESSIONAL OF EDUCATION ATTENDED IN A HEALTH CARE CENTER OF PROFESSIONAL EDUCATION - CASPE - PE
Author(s):
Tatiana Maria Corrêa Cavalcanti, Natália Adalgiza de Souza Melo., Ana Sulamita de Oliveira, Ubirajane Cristina de Oliveira
Palavras-chave:
Resumo:

INTRODUÇÃO: A relação entre Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE) e alterações laríngeas tem sido bastante comentada nos últimos anos. Estudos recentes sugerem associação entre sintomas laríngeos, sintomas faríngeos e refluxo gastresofágico, como sendo apresentação atípica da doença do Refluxo. OBJETIVO GERAL: Investigar a relação entre o refluxo gastroesofágico e as alterações laríngeas nos profissionais da educação que fazem fonoterapia na CASPE. ESPECÍFICOS: Identificar as queixas principais relatadas pelos pacientes com RGE; Verificar a patologia laríngea mais comum em pacientes com RGE. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal e descritivo realizado no Centro de apoio a saúde dos profissionais da educação (CASPE) da secretaria de educação no município de Jaboatão dos Guararapes-PE. Realizou-se uma análise de prontuários dos pacientes com disfonia orgânico-funcional ou funcional. Dos 143 prontuários. analisados foram selecionados 41, pois são os que apresentaram manifestações laríngeas relacionadas à doença do refluxo gastroesofágico e que estão em atendimento fonoaudiológico neste serviço. RESULTADOS: Identificou-se no estudo que dos 143 prontuários de pacientes analisados, 41 tinham queixa de refluxo gastroesofágico correspondente a 28,67%, a queixa vocal mais presente foi à rouquidão com 61,36%, e a patologia laríngea mais encontrada foram às fendas vocais com 57,69% dos pacientes. CONCLUSÃO: Foi verificada uma correlação entre o refluxo gastroesofágico e as manifestações laríngeas em profissionais da educação. O estudo também mostrou que a patologia laríngea mais presente em pacientes com DRGE ( Distúrbio do Refluxo Gastro-esofágico) foram as fendas vocais.

.
  Print:

 

All right reserved. Prohibited the reproduction of papers
without previous authorization of FORL © 1997- 2019