Title
Search
All Issues
74
Ano: 2012  Vol. 16   Num. Suppl. 1  - May
DOI: 10.7162/S1809-9777201200S1F-014
Print:
11º CONGRESSO DA FUNDAÇÃO OTORRINOLARINGOLOGIA - Oral Presentation Audiology
TextoTexto em Inglês
HÁBITOS ORAIS, AMAMENTAÇÃO E MÁ OCLUSÃO EM PRÉ-ESCOLARES: RESULTADOS PRELIMINARES
ORAL HABITS, BREASTFEEDING AND BAD MALOCCLUSION IN PRESCHOOL CHILDREN: PRELIMINARY RESULTS
Author(s):
Monica Carminatti, Isabel Cristina Berger, Bárbara de Lavra-Pinto, Renata Frazon, Fernando de Borba Araújo, Erissandra Gomes
Palavras-chave:
Resumo:

Objetivo: descrever a associação entre hábitos orais, amamentação e más oclusões em crianças de três a cinco anos. Material e Método: estudo transversal, observacional, realizado com 41 crianças por meio da aplicação de questionário acerca da amamentação e dos hábitos orais, bem como do exame clínico odontológico para avaliação da oclusão. Para as comparações entre os grupos foram utilizados os testes Exato de Fisher ou Qui-Quadrado, dependendo da variável. O nível de significância utilizado foi de 5%. Resultados: 92,7% das crianças foram amamentados no seio materno (tempo médio de 16,8+13,2 meses), entretanto somente 5% exclusivamente por mais de 6 meses (tempo médio de 3+2 meses). Dentre os hábitos orais, o mais incidente foi a mamadeira (100%), seguida da sucção de chupeta (56%). As famílias com menor renda amamentaram por mais tempo (p=0,017) e ofereceram menos mamadeira (p=0,05). Crianças definidas com o hábito de ficar com a boca aberta apresentaram mais hábitos de sucção (p=0,031;p<0,001). Em relação às alterações oclusais, 48,8% apresentaram alteração, sendo a mais prevalente mordida aberta anterior (45%), seguida de sobremordida e mordida cruzada. Houve correlação da alteração oclusal com o uso de chupeta (p=0,008), e com o hábito de ficar com a boca aberta (p=0,014). Conclusões: Dada a grande prevalência dos hábitos orais e de alterações na oclusão na população infantil, considerando a magnitude de suas possíveis conseqüências e a dificuldade de intervenção após a instalação das mesmas, é de grande importância a realização de estudos na área.

.
  Print:

 

All right reserved. Prohibited the reproduction of papers
without previous authorization of FORL © 1997- 2019