Title
Search
All Issues
78
Ano: 2012  Vol. 16   Num. Suppl. 1  - May
DOI: 10.7162/S1809-9777201200S1F-018
Print:
11º CONGRESSO DA FUNDAÇÃO OTORRINOLARINGOLOGIA - Oral Presentation Audiology
TextoTexto em Inglês
ATENÇÃO EM IDOSOS: INFLUÊNCIA DA PRESENÇA DE PERDA AUDITIVA, SEXO, IDADE, ESCOLARIDADE E NÍVEL SÓCIO-ECONÔMICO
CAUTION IN THE ELDERLY: THE INFLUENCE OF THE PRESENCE OF HEARING LOSS, SEX, AGE, EDUCATION AND SOCIO-ECONOMIC LEVEL
Author(s):
Ivana Silveira de Oliveira, Katiuscia Dornelles Camargo, Magda Aline Bauer, Natalia Schardosim Copetti, Adriane Ribeiro Teixeira
Palavras-chave:
Resumo:

Objetivo: verificar se existe associação entre a pontuação obtida em teste de atenção e a presença de perda auditiva, sexo, faixa etária, escolaridade e nível sócio-econômico em um grupo de idosos. Material e método: Participaram da pesquisa 34 idosos, 5 (14,7%) do sexo masculino e 29 (85,3%) do sexo feminino. A avaliação foi composta por anamnese, subteste de atenção do instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve (NEUPSILIN) (Fonseca, Salles, Parente, 2009). Resultados: Constatou-se predominância de idosos com idade entre 60 e 69 anos (47%). Com relação à audição, 19 idosos (55,8%) apresentaram limiares auditivos normais e 15 (44,2%) apresentaram perda auditiva. Não se observou associação entre a pontuação obtida no teste de atenção, a presença de perda auditiva (p=0,7) e o nível sócio-econômico (p=0,8). A variável sexo influenciou na repetição de dígitos, onde os indivíduos do sexo feminino apresentaram escores mais elevados que os indivíduos do sexo masculino (p=0,03). Quanto à faixa etária, observou-se que influenciou somente no subteste da contagem inversa (p=0,03) e no tempo de atenção (p=0,01) uma vez que os idosos na faixa etária de 80 a 86 anos apresentaram escores significativamente menores do que os idosos de menores faixas etárias. Conclusão: No grupo estudado não houve associação entre a atenção, a presença de perda auditiva e a escolaridade. Constatou-se associação entre alguns aspectos da atenção, faixa etária e sexo.

.
  Print:

 

All right reserved. Prohibited the reproduction of papers
without previous authorization of FORL © 1997- 2019