Title
Search
All Issues
79
Ano: 2012  Vol. 16   Num. Suppl. 1  - May
DOI: 10.7162/S1809-9777201200S1F-019
Print:
11º CONGRESSO DA FUNDAÇÃO OTORRINOLARINGOLOGIA - Oral Presentation Audiology
TextoTexto em Inglês
PREVALÊNCIA DE PLENITUDE AURICULAR EM IDOSOS DO PROJETO EELO E PROVÁVEL ASSOCIAÇÃO COM ZUMBIDO
PREVALENCE OF EAR FULLNESS IN THE ELDERLY ON EELO PROJECT AND PROBABLE ASSOCIATION WITH TINNITUS
Author(s):
Caroline Luiz Meneses Barriviera, Juliana Ribeiro Zuculin Bruniera, Vanessa Cristina Gorres, Juliana Jandre Melo, Luciana Lozza de Moraes Marchiori
Palavras-chave:
Resumo:

Prevalência de plenitude auricular em idosos do projeto EELO e provável associação com zumbido. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de plenitude auricular, em idosos e sua provável associação com a sensação de zumbido. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo transversal realizado na UNOPAR em Londrina-PR, com 503 sujeitos de ambos os sexos, com mediana de idade de 69 anos, participantes do projeto EELO, através de questionário auto-referido. RESULTADOS: Para as análises estatísticas foi utilizado o software Bio Estat 5.0. Dos 503 sujeitos, 73 (14,51%) apresentaram queixa de plenitude auricular e 430 (85,48%) não se queixaram de plenitude auricular. Dos 73 queixosos de plenitude auricular, 38 (52,05%) apresentaram zumbido e 35 (47,94%) não. Dos 430 sem queixa de plenitude auricular, 179 (41,62%) apresentaram zumbido e 251 (58,37%) não. Foi realizado teste de normalidade D'agostino Perason, onde verificou a não normalidade dos dados. Em seguida realizou-se o teste Mann Whitney obtendo-se o valor U = 90288,50 e p< 0,0001. Este resultado indica que há significativa diferença estatística entre sensação de plenitude auricular e zumbido. CONCLUSÃO: A partir desta pesquisa verificou-se a associação entre plenitude auricular e zumbidoem indivíduos com mais de 60 anos. Este estudo salienta a importância de se conhecer os sintomas auditivos da população idosa e de se verificar suas prováveis associações, uma vez que isso pode alertar os profissionais de saúde no que se refere às ações de prevenção e reabilitação voltadas à saúde auditiva, visando à melhoria da qualidade de vida desta população.

.
  Print:

 

All right reserved. Prohibited the reproduction of papers
without previous authorization of FORL © 1997- 2019