Title
Search
All Issues
81
Ano: 2012  Vol. 16   Num. Suppl. 1  - May
DOI: 10.7162/S1809-9777201200S1F-021
Print:
11º CONGRESSO DA FUNDAÇÃO OTORRINOLARINGOLOGIA - Oral Presentation Audiology
TextoTexto em Inglês
APLICAÇÃO DA ANÁLISE ACÚSTICA NÃO LINEAR EM VOZ DE PACIENTE SUBMETIDO À LARINGECTOMIA PARCIAL
APPLICATION OF NONLINEAR ACOUSTIC ANALYSIS OF VOICE IN PATIENTS SUBMITTED TO VERTICAL PARTIAL LARYNGECTOMY: A CASE REPORT
Author(s):
Renata Furia Sanchez, José Carlos Barauna Neto, Maria Eugênia Dajer, Lídia Cristina da Silva Teles
Palavras-chave:
Resumo:

OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar a aplicabilidade do método da análise acústica não linear (ANL), com a análise dos Padrões Visuais de Dinâmica Vocal (PVDV) na voz de um paciente submetido à laringectomia parcial vertical (LPV). RELATO DO CASO: Homem de 61 anos, com queixa de rouquidão há três meses, submetido à biópsia de laringe com diagnóstico anatomopatológico de carcinoma espinocelular, estadiamento T2N0M0, foi submetido à cordectomia à esquerda (margem vestibular + margem subglótica + margem de aritenóide à esquerda e margem de prega vocal à direita) sem reconstrução cirúrgica e sem tratamento complementar de radio e quimioterapia. A principal sequela cirúrgica foi a disfonia. A avaliação perceptivo auditiva da voz de acordo com os parâmetros e critérios de classificação apresentou o seguinte resultado da escala G2R2B2A0S0 e indicou: rouquidão, aspereza e soprosidade em grau moderado, além da redução de intensidade, alteração de frequência fundamental e incoordenação pneumo fonoarticulatória. Para a avaliação acústica utilizou-se a ANL pela análise qualitativa do PVDV com seguintes resultados: laços=2, regularidade=2 e congruência dos traçados=1. CONCLUSÃO: O método de ANL aplicado ao caso se mostrou eficiente para quantificar de forma confiável sinais de voz com alto grau de ruído e permitiu a visualização com maior clareza das características desse tipo voz. A voz do paciente submetido à LPV apresenta grande quantidade de ruído e considerando o ruído um sinal acústico aperiódico ou caótico, não permite mensuração confiável pela avaliação acústica convencional (freqüência fundamental, jitter e shimmer e a proporção harmônico-ruído).

.
  Print:

 

All right reserved. Prohibited the reproduction of papers
without previous authorization of FORL © 1997- 2019